Tel. +55 (11) 2676 9600 | vendas@turck.com

Rastreabilidade RFID

Como a indústria automotiva se beneficia do uso da tecnologia RFID - desde o fornecedor até depois do final do processo de fabricação

Há mais de duas décadas, a indústria automotiva tem usado soluções RFID, principalmente para a identificação de seus sistemas de transporte de carrocerias de veículos. Graças à tecnologia aprimorada e ao conhecimento automotivo do especialista em RFID Turck, a indústria hoje considera equipar cada carroceria e componentes com tags, para beneficiar de uma identificação contínua e controle de qualidade através de todo o processo de produção.

  • Muitos fabricantes de automóveis estão avaliando

  • Uma tag de plástico robusta é anexada ao membro lateral da carroceria do veículo

  • O sistema modular RFID BL ident da Turck pode operar HF livre de interferência e UHF de alta transmissão

  • Normalmente, os sistemas de transporte são identificados por transportadores de dados RFID

Uma das principais vantagens do RFID é que o usuário pode ler os dados a qualquer momento e também reescrevê-los na tag, que acompanham a peça durante todo o ciclo de produção ou teste de qualidade. Dados relevantes são gravados automaticamente na tag e lidos no final do ciclo de produção. Juntos, com o produto acabado, há também um protocolo de gerenciamento de qualidade disponível que mostra todos os passos de produção do produto, bem como o teste de qualidade.

Outro benefício da tecnologia RFID é que a transferência de dados por ondas de rádio eletromagnéticas é menos suscetível a influências do ambiente. Enquanto os códigos de barras impressos, aplicados externamente tornam-se inutilizáveis através de altas temperaturas, sujeiras ou umidade. As tags especiais RFID e scanners robustos permitem o uso de sistemas RFID em condições muito agressivas.

Repensando a indústria automotiva

As tags para alta temperatura são colocadas no carregador do carro - chamado skid - que transporta uma carroceria do veículo através da produção. É assim que a trajetória do veículo pode ser monitorada do início até a montagem final. Tags são utilizadas principalmente em identificação de transportadores monotrilhos, skids ou outros suportes para a carroceria do veículo e componentes maiores, como motores ou eixos.

Se uma tag estiver firmemente conectado ao corpo do veículo no início do processo de produção, o corpo pode ser identificado com segurança a qualquer momento - do início do processo, passando pela pintura, montagem final e até a entrega do produto acabado.

A identificação da carroceria do veículo exige o sistema UHF

Quando os sistemas de transporte estão equipados com tags, há sempre distâncias definidas, relativamente pequenas entre os tags e as cabeças de leitura/escrita. Se a tag é anexada diretamente na carroceria do veículo, a distância é inevitavelmente maior - varia principalmente entre meio metro e 2 metros. Por esta razão, os sistemas HF não podem mais ser usados já que a faixa de transmissão é limitada acima de 1 metro. A solução é utilizar a tecnologia UHF, que permite distâncias maiores.

Do fornecedor até a montagem final

O fato de que os desafios da tecnologia UHF podem ser dominadas e os baixos custos das tags convenceram muitos fabricantes de automóveis para equipar suas linhas com esta tecnologia RFID. Mas isso não é tudo: em outros projetos onde a Turck está envolvida, as possibilidades são testadas para também otimizar as peças entregues dos fornecedores com RFID e assim otimizar todo o processo de produção até a montagem final com a identificação sem fio.

Select Country

Turck worldwide