Muting descentralizado de equipamentos de proteção eletro sensíveis

Módulos I/O de segurança híbridos garantem um fluxo eficiente de materiais e provê funcionalidades completas de segurança diretamente na máquina

Equipamentos de proteção eletro sensíveis (EPES) são utilizados para prevenir operadores ou objetos de entrarem acidentalmente em áreas de risco. Se um evento deste ocorrer ou se for provável de ocorrer, o sistema ativa uma parada de emergência da máquina. No entanto, precisa ser possível "silenciar" (muting) o EPES quando um componente do processo precisa passar pelas cortinas de luz. Poderia ser, por exemplo, um recipiente para pratos no caso de um sistema semiautomático de limpeza. Para controlar ambos os cenários diretamente na máquina, a Turck oferece uma solução de sistema com funcionalidade de segurança descentralizada.

Seus benefícios

  • Menores tempos de colocação no mercado graças aos pré-testes da aplicação de segurança modular;
  • Maior disponibilidade de planta, já que as funções de segurança são controladas descentralizadamente em módulos únicos;
  • O grau de proteção IP67 e maior faixa de temperatura permitem alta flexibilidade na montagem dos módulos I/O;
  • Portas master IO-Link permitem que os usuários expandam o sistema para incluir elementos de segurança adicionais

  • Apenas certos objetos como este recipiente podem ser alimentados para o sistema de limpeza

  • Quatro sensores indutivos em série detectam o contêiner em seu caminho para a máquina

  • O módulo I/O de segurança da Turck garante um muting confiável do ESPE - com inteligência descentralizada

Silenciamento (muting) de quatro zonas com sensores indutivos

Alinhando-se 4 sensores indutivos em série é possível permitir que o esquipamento de proteção eletro sensível (ESPS) - cortina de luz - seja silenciado (muting), caso a alimentação da caixa, por exemplo, seja corretamente realizada. Se os dois primeiros sensores indutivos forem acionados, a cortina de segurança não acionará a parada de emergência. Assim que a caixa tiver, no entanto, atravessado completamente a cortina de luz e apenas os sensores das posições 3 e 4 estiverem acionados, o ESPS é novamente ativado.

Proteção adicional contra manipulação

Proteção adicional contra manipulação do sistema pode ser implementada por meio da detecção do peso ou altura das caixas. Tecnologia RFID é outra opção, com a antena de leitura/escrita identificando as tags de cada caixa e transmitindo sinais de gatilho para o silenciamento (muting) do ESPS - cortina de luz.

Módulos I/O de segurança com proteção IP67

Coordenar o módulo ativo é silenciado (muting) dos ESPS é uma tarefa para os módulos I/O de segurança da Turck TBPN (Profinet/Profisafe) ou TBIP (CIP Safety) - tanto como full safety ou híbrido (safety + I/O's). Com os módulos IP67, os usuários podem implementar todas as funções relevantes de segurança nas imediações da zona de risco. A comunicação com o PLC de alto nível é mantida de forma confiável, enquanto o módulo I/O na máquina garante curtos tempos de ciclo.

Teste preliminar de funcionalidade

Graças à funcionalidade de segurança descentralizada dos módulos I/O, fabricantes de máquinas e integradores podem realizar testes do sistema antes do comissionamento. Isso elimina a necessidade de testes no cliente, especialmente quando as aplicações de segurança contemplam muitos componentes. 

Modularidade aumenta a confiabilidade

A inteligência distribuída permite conceitos de sistemas modulares. As vantagens ficam aparentes não apenas na rápida colocação no mercado, mas também na alta disponibilidade da planta. No caso de imprevistos, como a quebra de um cabo, a funcionalidade de segurança é mantida nas áreas não afetadas.

Select Country

Turck worldwide

to top