Rastreamento com RFID na produção de carne

O sistema RFID HF da Turck é robusto e rápido o suficiente para acompanhar e rastrear a produção de carne em um matadouro chinês.

Em uma planta de produção de carne chinesa, o sistema RFID da Turck mostra que a BL ident com proteção IP67 a IP69K atende aos exigentes requisitos do setor para um projeto robusto, bem como as rápidas velocidades de leitura e gravação necessárias na indústria de processamento de carnes. As etiquetas estão nos ganchos para que não sejam danificadas e sejam lidas de maneira confiável e rápida.

  • The RFID tag TW-R10 is reliably protected in the metal hook against mechanical damage

  • TNSLR-Q42TWD with protection class IP69K is the ideal read/write head for use in meat production

Portanto, a administração chinesa decidiu estabelecer a supervisão e rastreamento da produção de carne na China. Ele supervisiona todo o processo, desde a criação, abate, processamento, distribuição até as lojas, e permite rastrear a origem do produto de carne, a fim de estabelecer um mecanismo de pré-alarme de segurança alimentar.

Requisitos do cliente

Como cada pedaço de carne de porco é pendurado no mesmo gancho durante todo o processo, fazia sentido colocar uma etiqueta RFID no gancho. Esta etiqueta RFID assume as informações do brinco eletrônico do porco quando chegam ao matadouro.

Várias antenas de leitura e escrita são instaladas ao lado da linha de produção, que pode adquirir as informações de cada peça de carne de porco ao longo dela. Se os problemas de qualidade já são encontrados no exame inicial no matadouro, as informações relevantes são registradas na etiqueta RFID presa ao gancho, além disso, se esse pedaço de carne de porco também será desviado para uma zona de armazenamento especial para evitar qualquer processamento adicional.

As antenas de leitura e gravação leem os dados da tag para rastrear a produção em tempo real. No estágio final da embalagem, a informação sobre a carne de porco é transferida da tag para um banco de dados e vinculada a uma etiqueta na embalagem.

Grandes faixas e altas velocidades

A principal vantagem levada em consideração para a escolha do sistema RFID BL ident da Turck foi pela sua capacidade de ler e escrever oito bytes de dados em tempo real, que é a velocidade de transporte usual da linha de produção. As oito antenas conectadas e  outros sinais analógicos ou digitais podem ser conectados a cada gateway BL67, atuando como uma interface RFID. Se forem necessários pontos de controle adicionais, tanto módulos RFID quanto módulos de I/O padrão podem ser adicionados, diminuindo consideravelmente os custos. O grande alcance das antenas de leitura e gravação da Turck protege as tags e as antenas contra danos mecânicos.

Soluções LF e UHF inadequadas

Faixas de frequência alternativas, como as soluções RFID HF e UHF, não eram adequadas para a aplicação. A solução RFID da Turck como banda de frequência HF é perfeitamente adequada para a aplicação, porque não há interferência com outros dispositivos. A Turck também desenvolveu a tag TW-R10, que pode ser embutida no metal do gancho de carne e, assim, ser provido de proteção confiável contra danos.

As tags da Turck podem armazenar 146 bytes. Assim, todas as informações necessárias podem ser salvas na tag, o que aumenta a segurança em caso de erro no banco de dados. O sistema HF da Turck pode detectar as tags completamente para que a produção não seja retardada através do uso de RFID.

Select Country

Turck worldwide