Tel. +55 (11) 2676 9600 | sales-brazil@turck.com

Identificação de Ferramenta

O sistema BL Ident RFID da Turck permite que os aparadores de ponta de eletrodos da AEG SVS Schweisstechnik detectem a cabeça de corte correta para a tampa do eletrodo

Especialistas em acessórios para sistemas de solda, a AEG SVS Schweisstechnik, de Mülheim, produz tampões de eletrodos, aparadores de ponta de eletrodos e cabeças de corte. A fim de garantir que as cabeças de corte adequadas são utilizadas para a correspondente geometria da tampa de soldagem, a empresa encontrou uma solução de identificação confiável, que Andres Bäker desenvolveu com dois alunos como parte do trabalho final do projeto de engenharia - com excelente apoio da Turck.

  • A cabeça de leitura/escrita amarela lê a etiqueta na cabeça de corte durante a rotação 

  • A etiqueta compacta integrada poderia ser bem protegida na cabeça de corte

  • Sistema de monitoramento baseado em RFID para cabeçote de eletrodos

Desafiadora identificação do aparador

A AEG SVS Schweisstechnik produz aparadores de ponta de eletrodos, e também tampas de eletrodos em cerca de 200 cabeças de corte diferentes. Se o aparador é equipado com a cabeça de corte incorreta, isso pode levar a falhas críticas no processo de produção.

Como as cabeças de corte são muito difíceis de identificar visualmente, a AEG Schweisstechnik, em 2010, procurou um método de automatização do processo de identificação. O objetivo foi também criar uma aplicação de teste para determinar os melhores ajustes para os parâmetros de corte e velocidade, número de cursos de corte e pressão. A empresa se aproximou do Colégio Mönchengladbach com estas perguntas. Andres Bäker, que naquela época estava completando os últimos estágios de seus estudos de engenharia, estava ansioso para assumir o desafio junto com dois colegas como um projeto final de curso.

Suporte da Turck

Suportado pela Turck, os engenheiros usaram o sistema BL Ident RFID para desenvolver uma solução que detecta a cabeça de corte durante a montagem. Uma cabeça de leitura / gravação com um diâmetro de 18 milímetros é montada diagonalmente acima da cabeça de corte. Não impede o processo de corte, mas está próximo o suficiente da etiqueta para garantir a identificação, apesar da rotação rápida. Os engenheiros integraram a etiqueta diretamente na cabeça de corte.

A cabeça de leitura/gravação está conectada a um módulo de RFID no sistema de painel BL20 da Turck. O gateway BL20 programável em Codesys faz o controle de toda a aplicação. Além das tarefas de identificação, os engenheiros também desenvolveram uma solução para detectar a velocidade e direção de rotação da cabeça de corte. Para isso, montaram dois sensores indutivos no sistema de extração que detectam dois recessos na cabeça de corte. Uma lógica de controle apropriada é utilizada para determinar o sentido de rotação e a velocidade da cabeça de corte a partir do impulso de comutação do disco rotativo. Se a cabeça de corte incorreta estiver instalada, é emitido um sinal amarelo de LED, impedindo o início do processo.

A unidade de teste pode exibir todos os parâmetros de corte através da interface de usuário do CodeSys: a velocidade, a pressão e o número de cursos de corte podem ser definidos individualmente através do controlador para testar a configuração ideal para corte em diferentes tampas. "O resultado do projeto de estudo de engenharia foi mais que satisfatório para nós, uma vez que podemos incluir a solução RFID diretamente em nosso portfólio de produtos quase sem quaisquer requisitos adicionais", explica Jürgen Rosendahl, gerente de produto da AEG SVS Schweisstechnik. "O estudo de engenharia foi sempre de um alto padrão técnico. Eu também achei a colaboração com a Turck muito produtiva, eles ajudaram os engenheiros em todos os aspectos e não deixaram nenhuma das perguntas sem resposta".

Select Country

Turck worldwide